O pavimento pélvico ou períneo – Capítulo I

ARTIGOS MÃES&FILHOS

O pavimento pélvico e a sua importância na saúde da mulher: Capitulo I – O pavimento pélvico ou períneo
Sendo o universo feminino uma preocupação para a Fisioterapia Mães&Filhos iremos nas próximas semanas abordar alguns dos assuntos que inquietam e limitam a vida de algumas mulheres.
Vamos então dar protagonismo ao pavimento pélvico e aos problemas associados.
O que é o pavimento pélvico?
O pavimento pélvico ou períneo é um grupo de músculos dentro da bacia que formam o seu “chão”, daí o nome pavimento.
Estes músculos:
  • Envolvem a uretra (“pipi”), a vagina e o ânus e juntamente com os músculos do esfíncter mantêm o controlo destas aberturas impedindo a perda de urina ou fezes;
  • Suportam a uretra, a bexiga, o útero e o recto. É como se fosse a tampa que segura todos os órgãos;
  • Controla os aumentos de pressão abdominal que ocorrem durante o esforço, seja este exercício físico, um espirro ou tosse, etc.
Pavimento pélvico
Como contrair e encontrar o períneo?
Realize este teste APENAS UMA VEZ: Enquanto faz xixi tente parar o curso da urina apertando o ânus e o “pipi”, caso a urina pare de correr acabou de contrair eficazmente o seu períneo! Se a contracção for ineficaz não volte a tentar e venha falar connosco para que a possamos aconselhar.
Para encontrar o períneo terá de localizar o seu clitóris e o seu ânus. O períneo é toda a área entre estes dois órgãos. Normalmente quando se pensa em contrair o períneo sem tentar “travar a urina” pensa-se em fechar o ânus ou o “pipi”.
As disfunções do pavimento pélvico podem levar a diversos problemas como:
  • Incontinência Urinária;
  • Incontinência Anal/Fecal
  • Prolapso uro-genital (POP);
  • Alterações da função sexual;
  • Dor Pélvica;
Factores de Risco:
  • Inerente fraqueza do tecido conectivo;
  • Gravidas ou mães recentes;
  • Parto vaginal (forceps, ventosa, episiotomia, idade materna avançada no 1º parto
  • Paridade (nº de partos);
  • Obesidade;
  • Actividade física intensa;
  • Alterações provocadas pela idade (menopausa);
  • Obstipação;
  • Tosse crónica.
ATENÇÃO: Não é por estar grávida ou por ter tido um parto vaginal quer irá ficar com incontinência urinária. Caso se reúna um conjunto de factores nestes momentos a fraqueza do períneo poderá surgir.
Convém aqui ressalvar que os problemas associados às disfunções do pavimento pélvico afectam mais as mulheres é uma verdade mas os homens não estão imunes.
No entanto a Fisioterapia Mães&Filhos vai apenas focar-se no universo feminino e explicar como a fisioterapia pode ajudar a evitar o aparecimento de disfunções ou como ajudar no tratamento para quem enfrenta o problema.
Iremos abordar os seguintes temas:
Capítulo II – Factores de risco
Capítulo III – A Incontinência Urinária
Capítulo IV – Prolapso dos órgãos pélvicos (POP)
Capítulo V – Alterações da função sexual
Esteja atenta aos próximos artigos!

Na fisioterapia Mães&Filhos encontrará um acompanhamento personalizado que a ajudará a ultrapassar as suas limitações. Mas principalmente ajudá-la-emos a preparar o seu corpo evitando que a patologia se instale.
Caso pretenda mais informações sobre este ou outro tema, contacte-nos.

Fisioterapia Mães&Filhos, consigo desde o início!

Inês Cancela de Abreu

Fisioterapeuta

Saiba mais sobre Incontinência Urinária

Incontinência urinária