PILATES CLÍNICO

O que é?

Este método que incorpora o alongamento e exercício físico numa só actividade baseia-se na anatomia humana e tem como objectivo fortalecer os músculos que rodeiam e suportam o tronco e tratar ou prevenir possíveis lesões. Tem em conta o alinhamento corporal, a respiração, a contracção dos músculos que conferem estabilidade e movimentos lentos e precisos.

O pilates clínico é uma forma de praticar exercício físico sob orientação terapêutica. Preocupa-se em fazer com que a pessoa que o pratica se torne mais consciente da sua postura corporal, melhore o seu equilíbrio, força e fluidez de movimento.

Benefícios gerais do pilates clínico:

– Melhora a postura e consciência corporal;
– Reduz o perímetro abdominal;
– Melhora a força e resistência muscular;
– Previne o aparecimento de lesões;
– Estimula o bem-estar psicológico;
– Aumenta a concentração;
– Contraria o stress;
– Ajuda a prevenir a incontinência urinária, beneficiando também a sexualidade;
– Alivia a dor articular e muscular;
– Alivia a tensão e fadiga muscular;
– Acelera a reabilitação pós-lesão;

Diferença entre pilates tradicional e pilates clínico:

  • Pilates tradicional
  • Exercício orientado para aumento da condição geral.
  • Movimentos de grande amplitude, cargas moderadas a intensas.
  • Exercícios não específicos para condição específica ou patologia.
  • Orientado para uma população saudável, atleta, desportista.
  • Não tem base ciêntifica no tratamento de determinadas disfunções.
  • Prioridade à variedade de exercícios e movimentos.
  • Pilates clínico
  • Exercício orientado para tratamento de condições específicas ou disfunções.
  • Exercícios com progressão:
    1. Contracção estática (parada) -> contracção dinâmica (em movimento);
    2. Trabalho local -> trabalho global.Há inicialmente um trabalho prévio de estabilidade da coluna.
  • Avaliação detalhada do indivíduo com determinada condição ou patologia e posterior adaptação do exercício.
  • Desdobrados e modificados para aplicação em indivíduos com determinadas condições específicas (ex: grávidas, próteses…) ou com disfunção (ex: patologias, osteoporose…).
  • Objectivos específicos de tratamento baseados em dados científicos.
  • Exercícios desdobrados na identificação e correcção de maus hábitos posturais e desequilíbrios musculares, usando nestas situações, exercícios específicos e adequados às necessidades de cada praticante.

A Fisioterapia Mães&Filhos® identifica-se também com o método de ginástica hipopressivo. As Técnicas Hipopressivas, criadas pelo Prof. Doutor Marcel Caufriez, englobam posturas e movimentos que visam a diminuição da pressão nas cavidades torácica, abdominal e pélvica.

Pilates Clínico

Podem ser descritas como sequências rítmicas de exercícios posturais que provocam a diminuição da pressão intra-abdominal e intra-torácica, numa activação automática dos músculos do períneo e da faixa abdominal, para além da normalização das tensões dos músculos respiratórios. Os exercícios hipopressivos reprogramam a faixa abdominal e o períneo tornando-os competentes.Quando se realizam exercícios hipopressivos, devido ao vacuo gerado pela abertura das costelas, verifica-se uma contração involuntária dos músculos abdominais e do pavimento pélvico.

Concluindo: Repetir os exercícios hipopressivos com uma progressão apropriada proporciona uma REPROGRAMAÇÃO reflexa da faixa abdominal e do pavimento pélvico. Esta activação faz com que, num esforço (tosse, riso, carregar pesos,..), a faixa abdominal vá para dentro e o pavimento pélvico se eleve involuntariamente.

Pilates Clínico

Os exercícios são utilizados com comprovado êxito no pós-parto, além de recentes investigações científicas demonstrarem as vantagens deste conceito na área da prevenção da incontinência urinária, obtenção de melhorias posturais, respiratórias, vasculares e no rendimento desportivo.

É actualmente um dos meios mais eficazes para se reduzir o perímetro da cintura, tonificar a faixa abdominal e pavimento pélvico, e, em conjunto com o pilates clínicos os resultados são claramente visíveis.

Quer saber ainda mais?